Pular para o conteúdo principal

Desenho de observação do Mausoléu Castelo Branco em Fortaleza

Imagem 1 - Desenho final

A programação do 3º Encontro Nacional Urban Sketchers Brasil, que aconteceu em setembro de 2018, contou com três espaços de exposição dos desenhos produzidos por vários sketchers de todo o país e eu tive o privilégio e honra de ser um dos convidados a participar. Para atender a demanda da Profa. Alejandra Muñoz, curadora da exposição, selecionei alguns desenhos antigos e sugeri à colega que apresentaria seis desenhos específicos feitos de forma digital. A sugestão foi aceita e um dos desenhos produzidos é este apresentado aqui. Você pode conferir o espaço reservado aos meus desenhos digitais na Imagem 2. Fiquei muito feliz e surpreso ao ver o painel com as obras impressas e as duas televisões que mostravam o processo de confecção dos desenhos. Tenho muito que agradecer a amiga Alejandra por tamanha generosidade.

Imagem 2 - Painel com meus desenhos ladeado por duas TVs com os vídeos do processo gráfico

O tema não é bem novidade. Eu já havia desenhado este edifício e feito uma postagem sobre ele, mas dada a importância deste complexo para o patrimônio arquitetônico da nossa cidade, achei que seria relevante para a exposição. Usei um iPad Pro em conjunto com a Apple Pencil e o aplicativo Procreate. Como o desenho deveria ser feito no local, eu estava sozinho e este equipamento poderia chamar atenção, resolvi fazê-lo dentro do carro. As condições não foram nada favoráveis. A posição para desenhar não era ideal e o calor estava bem forte. Tive que fazer um rápido esboço com linhas bastante genéricas (Imagem 3) e depois partir para os acabamentos finais. Notem que a parte linear também foi feita de forma bastante rápida e sem muitos detalhes (Imagem 4) deixando para as cores, sombras e luzes (Imagem 5) a definição final da cena.



Imagem 3 - Esboço inicial

O relatório do aplicativo acusa um tempo total de 3h37min de trabalho que, na verdade, foi distribuído em duas visitas ao local de aproximadamente 1h30 cada uma. Vale registrar que uma parte deste tempo é dedicado a organização geral do arquivo que deixo para fazer posteriormente. É claro que o recurso digital otimizou vários processos assim como permitiu a separação do desenho em camadas. Observem na Imagem 5 o resultado final sem as linhas. É interessante perceber como a cena continua legível apesar de perder alguns detalhes. Também gosto muito desta imagem. 

O vídeo mostrando o processo do desenho pode ser visto CLICANDO AQUI ou no final da postagem.
É isso! Espero que tenham gostado. Até a próxima.

Imagem 4 - Desenho linear

Imagem 5 - Resultado final sem as linhas








Postagens mais visitadas deste blog

Projeto de Arquitetura de Interiores com SketchUp - Parte 1

Em julho/2013 ministrei aulas para a segunda turma do curso de Especialização em Arquitetura de Interiores da Unifor. Meu módulo se chama Representação e Apresentação de Projetos de Arquitetura de Interiores. Nessa ocasião, depois de passarmos pela parte teórica, desafiei os alunos a abandonarem as técnicas mais tradicionais de representação usadas em seus escritórios e convidei-os a focar no uso de croquis e de modelos 3D do SketchUp.
Fizemos um projeto fictício de uma pequena cozinha e os alunos foram orientados a seguir o seguinte processo de trabalho: projetar o ambiente desenhando, à mão livre, os croquis da planta e de quatro cortes com aplicação de cores e algumas texturas. Esses croquis deveriam ser levados diretamente ao SketchUp para modelagem sem o uso de desenhos DWG bidimensionais.  Na verdade, durante todo o processo, a turma foi instruída a não usar o AutoCAD em nenhuma ação. Em substituição ao programa da Autodesk, fiz rápida explanação de como usar o programa Layout …

Dica SketchUp - Imagens em escala!

O SketchUp, em todas as suas versões (inclusive a online), permite que você exporte imagens PNG de qualquer visualização gravada em suas cenas. Um problema deste tipo de geração de imagem é o fato das mesmas não serem exportadas em escala.

Neste pequeno tutorial veremos como gerar a imagem de uma vista ortogonal de uma escada (Imagem 1) na escala de 1:25. Depois importaremos esta imagem para o Inkscape colocando-a em uma prancha A4. O Inkscape, para quem não conhece, pode ser considerado a "versão opensource" do Corel Draw/Illustrator sendo de uso livre e gratuito, mas quem preferir pode usar qualquer programa similar. Para complementar este tutorial você também pode assistir ao vídeo abaixo!




Primeiro prepare uma cena mostrando uma vista ortográfica de seu modelo como mostrado na Imagem 2. Não esqueça de desativar o modo de visualização em perspectiva e ativar a projeção paralela (Menu: Camera - Parallel Projection).

Coloque seu desenho na visualização máxima que sua te…

Desenho arquitetônico: cortes em uma residência térrea - Parte 2

Aqui você verá o processo de detalhamento dos elementos do telhado tomando como base os cortes genéricos feitos anteriormente. Vejam a lista de vídeos abaixo e bom proveito! Vídeo Aulas Desenho de cortes - parte 5 Desenho de cortes - parte 6