Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2012

Non Photorealistic Rendering - Algumas dicas

Tenho percebido uma certa desorientação dos profissionais e estudantes ligados à área de arquitetura quando usam o termo rendering. Um dos motivos talvez seja porque essa palavra ficou mais conhecida quando os softwares gráficos passaram a ter capacidades de aplicar efeitos realistas de textura, sombras e cores. Isso fez com que essa ação acabasse sendo vinculada a esses processos computacionais, mas não é bem assim. Vamos saber o porquê.

Primeiro é importante deixar claro que esse termo existe desde bem antes do surgimento dos aplicativos gráficos. Aplicar (fazer) um rendering significa basicamente "dar acabamento". Isso torna o uso dessa palavra muito abrangente. Se você, por exemplo, fizer um desenho à mão livre usando grafite e aplicar efeitos de sombra e textura você estará "renderizando" seu trabalho. Outro exemplo pode ser encontrado na área de webdesign. Quando uma página web aparece em sua totalidade na sua tela isso significa que ela foi "renderizad…

Croquis de final de semana 6

Olá! Postagem rápida sobre um desenho rápido. No final de semana do dia 04/11 tive a oportunidade de sentar confortavelmente na varanda do apartamento de minha sogra na Praia do Japão e desenhar os objetos mostrados na imagem. Gosto de tentar representar formas complexas como a cesta, o aguador de plantas e o barril da Heineken. Existem muitos elementos que precisam ser abstraídos para capturar somente o que é essencial para que o desenho passe a mensagem sem exageros.


Desenho de elementos da vegetação

Olá! Rápida postagem para mostrar alguns desenhos feitos em mais uma visita ao Jardim Botânico de São Gonçalo do Amarante no dia 20/10/12 quando acompanhei minha esposa e sua turma do curso de Especialização em Paisagismo da Unifor.

Meu objetivo na visita foi fazer alguns rápidos estudos para tentar capturar, com o mínimo de traços e com velocidade, alguns elementos da vegetação. Considero esse um ótimo exercício de percepção e de desenho de formas complexas uma vez que tentar simplificar, através de elementos gráficos, o que estamos enxergando em uma planta não é nada fácil. O resultado vocês podem ver abaixo juntamente com o último desenho (mostrado acima) no qual capturei uma singela edificação rodeada de verde.





Desenho arquitetônico: cortes em uma residência térrea - Parte 2

Aqui você verá o processo de detalhamento dos elementos do telhado tomando como base os cortes genéricos feitos anteriormente. Vejam a lista de vídeos abaixo e bom proveito! Vídeo Aulas Desenho de cortes - parte 5 Desenho de cortes - parte 6

Desenho arquitetônico: cortes em uma residência térrea - Parte 1

Aqui você acompanhará o desenho de dois cortes na pequena casa usada como exemplo nos vídeos anteriores. Mais uma vez usei o Draftsight que, como já comentado antes, tem as mesmas funcionalidades do AutoCAD, mas é gratuito.

O processo pode ser adotado usando qualquer software com características similares as do AutoCAD. Observem que nessa técnica eu trabalho primeiro os telhados da casa de forma volumétrica uma vez que eles talvez sejam os elementos mais complicados de visualizar. Os detalhes do madeiramento e das telhas serão pensados e desenhados depois. Isso faz com que você consiga se concentrar em elementos fundamentais como a inclinação correta e a marcação dos elementos que estão cortados além das interseções com a caixa d'água e os diversos planos do telhado. Abaixo você vê a lista dos quatro primeiros vídeos de um total de seis.  Bom proveito!
Vídeo Aulas Desenho de cortes - parte 1 Desenho de cortes - parte 2 Desenho de cortes - parte 3 Desenho de cortes - parte 4

Desenho à mão livre com Sketchbook Pro - Pt 3

Oi pessoal! Como já comentado em outras postagens estou testando, desde o ano passado, o desenho à mão livre usando minha tablet Wacom Bamboo Create e o programa Sketchbook Pro da Autodesk. A combinação dos dois e algum tempo de prática têm me possibilitado uma experiência realmente bem gratificante e natural (vejam essa postagem). Na maior parte do tempo tenho usado esses recursos durante minhas aulas das disciplinas Desenho de Observação, Técnicas de Representação I e Técnicas de Representação II.
O que mais tem me chamado a atenção são as possibilidades que estas técnicas digitais trazem para a aula uma vez que posso mostrar os desenhos com o nível de detalhes que quiser e repetir quantas vezes for necessário além de poder simular as condições nas quais os alunos estão desenhando. Antes, usando pincel e quadro com laminado branco, isso ficava bem mais difícil.
Sempre tenho feito impressões dos desenhos onde usei o traço à mão livre e o resultado é realmente bastante interessante q…

37th Worldwide Sketchcrawl Day

Oi pessoal! Esse último sábado, dia 13/10/2012, foi dia mundial das maratonas de desenho do Urban Sketchers. Esse evento, durante o qual todos os membros do USK saem as ruas para desenhar, já foi assunto de várias outras postagens. Para registrar minha participação fui até a Avenida Abolição desenhar a entrada principal do clube Náutico Atlético Cearense, projeto do arquiteto Emílio Hinko. O desenho foi um desafio pois o prédio tem elementos detalhados e curvos além de vários planos de telhado, mas gostei bastante do resultado.

Infelizmente quando desenhamos na rua estamos sujeitos a inconvenientes ou a situações de risco. Alertado por minha esposa, tive que interromper o desenho por causa da proximidade de uma figura suspeita que rondava o local insistentemente. Já fiz diversos desenhos de rua e sempre me deparo com curiosos que manifestam interesse e até trocam ideias, mas dessa vez não foi assim e achamos mais prudente nos afastar. Tive que tirar uma foto para acabar os detalhes d…

Desenhando a casa Farnsworth - Parte 2

Nessa nova postagem darei continuidade ao vídeo anteriorno qual mostrei o processo do desenho linear da Farnsworth House do arquiteto Mies Van der Rohe. Agora apresentarei o processo de pintura digital usando os recursos do Sketchbook Pro 6 da Autodesk. Admito que pintar não é bem meu forte, mas a cada desenho vamos ganhando maturidade. Sem dúvida os recursos digitais te dão maior segurança em algumas ações e te possibilita fazer mais testes. Depois de pronto fiz uma impressão do desenho colorido em papel Canson e gostei bastante do resultado.

O novo vídeo pode ser visto clicando aqui. Até a próxima!

Desenhando a casa Farnsworth - Parte 1

Nesta postagem mostrarei o processo de desenho da Farnsworth House de Mies Van der Rohe. Considero o desenho desses exemplares um excelente exercício de observação e de aprendizado. Nesse primeiro exemplo  consegui, por exemplo, perceber e fixar mais aspectos do objeto do que se somente tivesse lido a respeito. O vídeo está acelerado. O desenho original foi feito em aproximadamente 50 minutos no Sketchbook Pro 6.0. 

O vídeo pode ser acessado CLICANDO AQUI

Desenho à mão livre com Sketchbook Pro - Pt 2

Oi pessoal! Postagem rápida para mostrar mais um estudo de croqui feito a partir de foto usando o Autodesk Sketchbook Pro e a tablet Wacom Bamboo Create. Já fiz várias postagens sobre esses recursos e como já comentado, precisamos de prática para adaptar nossas ações ao software e hardware mencionados.

Fiz o primeiro teste desenhando o MASP da arquiteta Lina Bo Bardi e para não perder o costume de usar grandes referências da arquitetura brasileira, segue mais uma experiência com o croqui do Hotel do Parque São Clemente, projeto de Lúcio Costa. Gostei do resultado. O traço ficou solto e cada vez mais consigo ter coordenação para traçar linhas inclinadas, horizontais e verticais de forma similar ao que faço no papel. A foto foi tirada do livro Arquitetura Contemporânea no Brasil de Yves Bruand. Até a próxima!

Dica SketchUp - Projeto completo no SketchUp!

Olá! Voltamos com mais uma dica sobre o uso do SketchUp. Vamos mostrar e comentar um vídeo com um estudo de caso no qual é apresentado o uso desse software em todo o processo de produção gráfica de um projeto. 
O vídeo é do arquiteto Nick Sonder e nele o profissional mostra como usa o programa em seus projetos. É impressionante ver os clássicos desenhos de plantas, cortes e fachadas bem como o caderno de detalhamento, sendo produzidos a partir do modelo 3D feito no SketchUp. O arquiteto faz uso da versão paga do programa que vem com mais dois pequenos aplicativos, o LayOut, usado para montar as pranchas, e o Style Builder, que não é mostrado no vídeo. É muito importante salientar alguns pontos do processo, tais como:
1. O modelo tridimensional é extremamente detalhado o que permite ao arquiteto o domínio prévio da construção. Esse tipo de conceito (construção virtual) está sendo muito usado com softwares como, por exemplo, o Revit e o ArchiCad que usam o Building Information Modeling…

Representação Gráfica em Projeto Paisagístico - Turma 2

Na segunda quinzena de junho/12 tive mais uma vez o prazer de ministrar um módulo da segunda turma do curso de Especialização em Paisagismo da Universidade de Fortaleza. O nome da disciplina é Representação Gráfica em Projeto Paisagístico.
Os resultados da primeira turma já foram tema de uma postagem anterior. Como já havia acontecido antes lancei mais uma vez a proposta de trabalharmos técnicas que não envolvessem grandes investimentos em equipamentos e softwares, que fosse acessível a todos e que tivesse um alto grau de personalização. Novamente usamos uma técnica mista que usava recursos do desenho a mão livre e do desenho digital. Os alunos foram convidados a fazer um pequeno projeto e tiveram que apresentar as ideias iniciais em croquis à lápis que depois foram digitalizados e coloridos no Gimp ("versão" opensource do Photoshop).

Baseados nesses croquis os alunos fizeram as perspectivas usando o SketchUp, mas com a condição de personalizar os elementos da vegetação usa…

Desenho de Observação - Turma de 2012.1

Nesta postagem mostrarei alguns trabalhos dos meus alunos de desenho do semestre 2012.1. Adotei um sistema de avaliação que priorizou à produção, em sala de aula, ao longo de todo o período evitando a aplicação de provas. As tarefas foram aumentando seu grau de dificuldade progressivamente até chegarmos ao desenho de edifícios razoavelmente complexos como vocês podem ver no canto esquerdo da imagem acima. Outro ponto importante de observar foi que ao longo do semestre minha participação no processo foi diminuindo enquanto ia deixando os alunos cada vez mais independentes em suas decisões. A imagem acima mostra alguns dos exercícios aplicados.
O último exercício do semestre foi, na minha opinião, o mais interessante e é dele que trataremos nessa postagem. Os alunos tiveram que desenhar, baseados em uma foto, o edifício do MASP, projeto da arquiteta Lina Bo Bardi. Nesse exercício minha participação foi mínima. Fiz apenas uma rápida demonstração de como os alunos deveriam iniciar e de …