Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2011

1o Encontro USK Fortaleza - Passeio Público

Sábado, dia 16/04/2011, foi mais um Sketchcrawl. Desta vez tive o privilégio de desenhar na companhia dos arquitetos Amando Costa e José Clewton. Os dois são grandes desenhistas e, principalmente, grandes entusiastas do desenho de rua. Fomos desenhar na Praça dos Mártires, também conhecida como Passeio Público no centro de Fortaleza.

O local é muito bonito, tem enorme valor histórico para nossa cidade e nos proporcionou uma grande variedade de temas. A produção foi muito boa totalizando 10 croquis. Observem as variações de traço, materiais e técnicas dos desenhos. Muito legal observar as características de cada um. Foi uma tarde muito bacana que terminou com uma cerveja gelada e uma bela feijoada no restaurante localizado na praça. Vejam os desenhos!





Desenho de observação do Palácio da Abolição

Recentemente Fortaleza ganhou de presente o restauro do Palácio da Abolição, um de seus melhores exemplares da arquitetura modernista. Projeto do arquiteto carioca Sérgio Bernardes e paisagismo de Fernando Chacel, o palácio quase sofreu uma intervenção que o descaracterizaria completamente.

infeliz projeto foi prontamente contestado pelo IAB-CE e felizmente deixado de lado. A restauração do edifício devolveu para nossa cidade um elegante conjunto cuja implantação tem generosos afastamentos e belos jardins. Podemos agora novamente avistar o imponente balanço do mausoléu em homenagem ao ex-presidente Castelo Branco (mostrado no desenho) e o bonito partido estrutural em tubos de aço que caracteriza os demais edifícios. Saiba mais detalhes no texto "Um Palácio Destronado" de autoria dos arquitetos Maria Cecília Filgueiras L. Gabriele e Paulo Costa Sampaio Neto. O desenho foi feito numa manhã ensolarada de domingo no próprio local. 


Croquis - A liberdade do traço

Quem acompanha o blog já percebeu que sempre estou apresentando diversos tipos de desenho que faço durante minhas atividades profissionais ou recreativas. Costumo dividir minha produção gráfica em três categorias básicas que usam o croqui como principal forma de representação: croquis de projeto, desenhos feitos em sala de aula e desenhos de observação. Gostaria de conversar um pouco sobre eles.
O ponto comum que percebo em todos eles é a liberdade de expressão e representação. Vejam que nenhum deles têm compromisso com qualquer refinamento gráfico. O único compromisso fixo é com sua intenção de explicitar ideias, conceitos e/ou de mostrar minha interpretação de uma realidade qualquer. Para esclarecer um pouco melhor tudo isso e dar alguma orientação vamos tentar mostrar alguns exemplos:

Técnicas e mídiaUse as que te deixem mais confortável, mas tente experimentar várias. Nos meus desenhos você verá que muitos foram feitos, por exemplo, com canetas esferográficas comuns sobre papel su…