Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2011

Perspectiva de um ambiente urbano

Olá! Voltamos com mais um vídeo sobre desenho de perspectivas com um ponto de fuga principal. Desta vez vamos construir um ambiente urbano imaginário. Como vocês puderam ver na postagem anterior estou testando o Sketchbook Pro da Autodesk como base para a montagem da perspectiva. No vídeo e nas imagens mostradas abaixo vocês poderão perceber os seguintes procedimentos:
1. Primeiro foi montada a volumetria básica do conjunto tomando como referência a escala humana. Vejam o passo a passo no vídeo mostrado no final da postagem.


2. Em seguida os volumes, ruas e algumas marcações foram destacados e o resultado impresso.


3. Tomando o desenho mostrado acima como base fiz um esboço inicial marcando as divisões dos pavimentos dos edifícios e algumas escalas para as árvores e pessoas.



4. Finalmente o desenho foi finalizado a lápis e escaneado. Perceba que neste momento os edifícios ganharam detalhes e algumas alterações na sua volumetria inicial. Este é o momento mais bacana, quando seu traço …

Modelagem 3D sem exageros

Vamos falar sobre um problema recorrente nas modelagens tridimensionais. Os programas de modelagem simulam um ambiente 3D no qual, teoricamente, você pode modelar o que desejar e na dimensão que desejar. Você poderia, por exemplo, modelar um edifício multifamiliar com 20 pavimentos com todos os apartamentos detalhados desde o parafuso de sustentação das prateleiras até os quarteirões que cercam o prédio. Isso pode acontecer na teoria, mas vários fatores causam impedimentos na aplicação prática.
Quando você for modelar algum objeto a primeira pergunta a ser feita é: qual é o objetivo da modelagem? Apresentar uma perspectiva externa? Apresentar uma perspectiva interna? Estudar a estrutura de um edifício? Fazer um estudo de intervenção urbana? Dependendo do objetivo você terá que assumir um maior ou menor nível de detalhamento em seus objetos. Por exemplo, se você está fazendo o projeto para um novo modelo de janela então é extremamente recomendável que todos os elementos de sustentação…

Croquis e Roberto Burle Marx

No final de semana do dia 16/7/11 eu e minha esposa atendemos ao convite do seu tio, o engenheiro agrônomo Ricardo Marinho e de sua esposa, para uma breve visita à sua casa localizada na praia da Taíba, litoral oeste do Ceará. O curto tempo que passamos lá não poderia ter sido mais produtivo. Além das várias conversas sobre arquitetura e paisagismo, do bom vinho e da ótima comida ainda tivemos o privilégio de conhecer obras do paisagista Roberto Burle Marx que era amigo de nossos anfitriões.

A casa, excelente projeto do arquiteto José Porto, é decorada com materiais de demolição e com várias obras dos dois artistas. Inspiração não faltou para produzir vários desenhos. O primeiro mostra o painel feito por Burle Marx localizado no jardim interno da sala de estar. É claro que não me arrisquei a tentar representa-lo e preferi fazer a montagem que vocês podem ver acima. Mais à direita (na mesma perspectiva) outra montagem com um quadro do mesmo autor.


Outro elemento que chama a atenção na…

2o Encontro USK Fortaleza - Comunidade São Vicente de Paulo

Esse sábado, dia 07/05/2011, foi mais um produtivo dia de desenhos. Incentivados pela ideia do professor Amando Costa fomos até a comunidade São Vicente de Paulo no bairro Dionísio Torres. A comunidade ocupa uma quarteirão inteiro e é também conhecida como "Quadras do Santa Cecília" pois fica ao lado do colégio de mesmo nome. É muito interessante observar como o conjunto foi crescendo de acordo com as necessidades dos moradores.

O projeto inicial previu casas planas e dividiu o quarteirão em várias quadras. Hoje só restam algumas casas originais e as ruas sofreram estreitamento devido ao avanço das construções que também acabaram se verticalizando. Sem dúvida foram os desenhos que eu mais gostei desses últimos anos e isso se deve à riqueza espacial e a grande diversidade de usos e tipologias das construções. O professor José Clewton também nos acompanhou. Devemos também agradecer a colaboração dos líderes comunitários em especial ao Paulo e ao Foca que nos deram grande apoi…

Praça da Imprensa - Colégio Santo Inácio

No dia 01/05/2011 eu e minha esposa saímos para desenhar. Fomos até a Praça da Imprensa onde registrei o desenho mostrado acima. Sempre me chama a atenção quanto edifícios podem interferir na qualidade dos espaços urbanos. O prédio desenhado é do tradicional colégio Santo Inácio cuja construção é da década de 60. De concepção plástica bastante tradicional em telhados cerâmicos e pátio central, o edifício, que nesse trecho é cercado por grades, acaba, na minha opinião, valorizando o entorno juntamente com a praça. Com ruas cada vez mais delimitadas por muros e guaritas é sempre interessante e cada vez mais raro ver a arquitetura cercar o espaço urbano. Outro grande exemplo disso foi registrado no desenho que fiz para o Palácio da Abolição. Até a próxima!



1o Encontro USK Fortaleza - Passeio Público

Sábado, dia 16/04/2011, foi mais um Sketchcrawl. Desta vez tive o privilégio de desenhar na companhia dos arquitetos Amando Costa e José Clewton. Os dois são grandes desenhistas e, principalmente, grandes entusiastas do desenho de rua. Fomos desenhar na Praça dos Mártires, também conhecida como Passeio Público no centro de Fortaleza.

O local é muito bonito, tem enorme valor histórico para nossa cidade e nos proporcionou uma grande variedade de temas. A produção foi muito boa totalizando 10 croquis. Observem as variações de traço, materiais e técnicas dos desenhos. Muito legal observar as características de cada um. Foi uma tarde muito bacana que terminou com uma cerveja gelada e uma bela feijoada no restaurante localizado na praça. Vejam os desenhos!





Desenho de observação do Palácio da Abolição

Recentemente Fortaleza ganhou de presente o restauro do Palácio da Abolição, um de seus melhores exemplares da arquitetura modernista. Projeto do arquiteto carioca Sérgio Bernardes e paisagismo de Fernando Chacel, o palácio quase sofreu uma intervenção que o descaracterizaria completamente.

infeliz projeto foi prontamente contestado pelo IAB-CE e felizmente deixado de lado. A restauração do edifício devolveu para nossa cidade um elegante conjunto cuja implantação tem generosos afastamentos e belos jardins. Podemos agora novamente avistar o imponente balanço do mausoléu em homenagem ao ex-presidente Castelo Branco (mostrado no desenho) e o bonito partido estrutural em tubos de aço que caracteriza os demais edifícios. Saiba mais detalhes no texto "Um Palácio Destronado" de autoria dos arquitetos Maria Cecília Filgueiras L. Gabriele e Paulo Costa Sampaio Neto. O desenho foi feito numa manhã ensolarada de domingo no próprio local. 


Croquis - A liberdade do traço

Quem acompanha o blog já percebeu que sempre estou apresentando diversos tipos de desenho que faço durante minhas atividades profissionais ou recreativas. Costumo dividir minha produção gráfica em três categorias básicas que usam o croqui como principal forma de representação: croquis de projeto, desenhos feitos em sala de aula e desenhos de observação. Gostaria de conversar um pouco sobre eles.
O ponto comum que percebo em todos eles é a liberdade de expressão e representação. Vejam que nenhum deles têm compromisso com qualquer refinamento gráfico. O único compromisso fixo é com sua intenção de explicitar ideias, conceitos e/ou de mostrar minha interpretação de uma realidade qualquer. Para esclarecer um pouco melhor tudo isso e dar alguma orientação vamos tentar mostrar alguns exemplos:

Técnicas e mídiaUse as que te deixem mais confortável, mas tente experimentar várias. Nos meus desenhos você verá que muitos foram feitos, por exemplo, com canetas esferográficas comuns sobre papel su…

Eu não sei desenhar. Você sabe?

O título da postagem é uma leve provocação e ao mesmo tempo um convite para reflexão. Depois de ler o texto do arquiteto norte americano Jim Leggitt (Jim Leggitt's Early Drawings: High School 1968!) falando sobre suas primeiras experiências gráficas resolvi também falar um pouco sobre o assunto. Para quem não sabe, este arquiteto é o autor do livro "Drawing Shortcuts - developing quick drawing skills using today's tecnology" além de ser um grande desenhista e ilustrador. Na sua postagem ele comenta como aconteceu seu processo de aprendizado do desenho. É muito interessante observar como seu traço e técnica amadureceram ao longo dos anos.
A primeira vez que tive contato com técnicas de desenho foi em 1991 quando, ainda pré-universitário, fiz o curso do professor Eneas Botelho. Este curso preparava alunos para a prova de habilidade específica que, na verdade, era um teste sobre desenho, parte do vestibular para arquitetura da Universidade Federal do Ceará. Sempre gost…

Desenhos do Chile - Peulla e Santiago

Continuando com os desenhos de viagem chegamos ao Chile. O desenho mostrado abaixo é do salão de estar do Hotel Peulla. Peulla é um local situado no meio da travessia Andina literalmente no meio do nada. É muito bonito, mas carece de infraestrutura e de atrações. Como costumam dizer por lá, é o melhor lugar do mundo para não fazer nada. Percebam que este é, de longe, o desenho mais detalhado da série. A razão é simples. Fomos obrigados a fazer o checkout as 11h quando nosso barco só sairia as 16h. Tive tempo de sobra para fazer esse desenho.





Na sequência vocês podem ver um rápido esboço do Hotel Solace em Puerto Varas (onde nos hospedamos) e uma vista de Santiago mostrando a Torre da Entel e a cidade com as montanhas ao fundo. O primeiro desenho mostrado na postagem devo agradecer ao voo da TAM que estava com 4 horas de atraso e me deu bastante tempo de aeroporto para executá-lo. Mas é justo registrar que apesar dos contratempos fomos muito bem tratados pela companhia que nos fornece…