Projeto de Arquitetura de Interiores sem AutoCAD


Em julho/2013 ministrei aulas para a segunda turma do curso de Especialização em Arquitetura de Interiores da Unifor. Meu módulo se chama Representação e Apresentação de Projetos de Arquitetura de Interiores.
Nessa ocasião, depois de passarmos pela parte teórica, desafiei os alunos a abandonarem as técnicas mais tradicionais de representação usadas em seus escritórios e convidei-os a focar no uso de croquis e de modelos 3D do SketchUp.

Fizemos um projeto fictício de uma pequena cozinha e os alunos foram orientados a seguir o seguinte processo de trabalho: projetar o ambiente desenhando, à mão livre, os croquis da planta e de quatro cortes com aplicação de cores e algumas texturas. Esses croquis deveriam ser levados diretamente ao SketchUp para modelagem sem o uso de desenhos DWG bidimensionais.  Na verdade, durante todo o processo, a turma foi instruída a não usar o AutoCAD em nenhuma ação. Em substituição ao programa da Autodesk, fiz rápida explanação de como usar o programa Layout que vem junto com o pacote pago do SketchUp 2013 e cuja especialidade é a criação de pranchas técnicas.

Apesar das dificuldades de adaptação e de algumas reclamações principalmente em relação às ferramentas de cota do Layout o resultado foi, na minha opinião, bastante positivo. Observem nas imagens abaixo que todas as plantas e cortes foram gerados automaticamente a partir do modelo 3D do Sketchup o que também era uma prerrogativa do exercício. É importante frisar que os cortes e plantas só estarão corretos se o modelo 3D estiver detalhado o suficiente para isso e, é claro, construído de forma coerente. Vejam as imagens com os resultados das pranchas abaixo.

Um dos croquis produzidos pelos alunos

Croqui usado para modelagem no SketchUp - Desenho do professor

Pranchas com detalhes feita no Layout










Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...