Croquis e pastel seco


Olá! Essa postagem será um relato de uma pequena experiência. As pinturas que você vê acima e a outra mais abaixo são versões ampliadas de dois croquis, também mostrados nessa postagem, que fiz em recente visita ao Jardim Botânico de São Gonçalo do Amarante. A técnica não tem nada demais. Digitalizei os desenhos originais, retirei algumas sombras, reduzi a opacidade das linhas em 90% e imprimi o resultado em uma folha A4 texturizada com 140g/m2.


Desenho original feito no local - grafite sobre papel Moleskine
A pintura foi feita com pastel seco e ela cuidou de esconder as linhas da impressão. A parte mais interessante ficou por último. Eu queria que as linhas fizessem parte do desenho, Tentei usar lápis mas o contraste não ficou legal com o pastel. Não poderia usar canetas nanquim descartáveis pois o pó do pastel estragaria a ponta então usei penas e tinta nanquim. Tentei preservar as características de traço do desenho original inclusive tentando não refinar demais os detalhes. Achei o resultado bem bacana. O desenho continuou solto e ao mesmo tempo ganhou as cores que seriam difíceis de executar in loco.

Desenho feito a partir do croqui original mostrado abaixo - pastel seco e nanquim sobre papel texturizado
Desenho original feito no local - grafite sobre papel Moleskine