Desenhos de viagem - Parte 4


Chegamos aos desenhos finais da minha última viagem. Dessa vez vocês verão os desenhos feitos em uma pequena caderneta que comprei em San Telmo, tradicional bairro de Buenos Aires. O caderno tem apenas 10x14 cm e sua principal característica é a portabilidade. Pude levá-lo para todos os cantos sem me preocupar com o tipo de evento ou o horário. Os outros desenhos postados foram feitos em um caderno maior de 20x28cm que só levei nos passeios diurnos.





Vocês perceberão que os desenhos variam bastante de tema. Senti particular dificuldade nos desenhos de pessoas que, na maioria das vezes, mudavam bastante de posição (até mesmo por que não sabiam que estavam sendo desenhadas) e isso dificultou bastante o processo. Mantive a filosofia de fazer os desenhos "ao vivo", ou seja, com o tempo que desse e sem ajustes posteriores.

Bom! Fica o registro gráfico dos vários cantos visitados na Argentina e no Chile e fica a sugestão de experimentarem desenhar na sua próxima viagem. O segredo é não ter medo e nem pudores excessivos. E não precisa abandonar a máquina fotográfica. Mesmo desenhando bastante ainda fiz quase 900 fotos. Na próxima postagem daremos mais uma dica de SketchUp!