Inaugurando minha Moleskine


Hoje foi dia de sair para desenhar! Aproveitando o convite de meu sogro e minha sogra para uma caminhada/passeio pelo litoral de Fortaleza resolvi acordar cedo e sair para desenhar. Enquanto minha esposa passeava com seus pais fiquei desenhando. Levei minha recém adquirida caderneta de desenho da famosa marca Moleskine, uma canetinha UniPin 0.05 e minha inseparável Caran d'Ache. O resultado você vai vendo aqui na postagem.


Ruinas da antiga sede do Dnocs
Na primeira parada, na Praia de Iracena, fiz os dois desenhos acima sendo o primeiro da Ponte Metálica (a verdadeira) e o outro de um detalhe do antigo prédio do DNOCs, projeto do falecido professor e arquiteto Marcílio Dias de Luna (tive o privilégio de cursar Projeto Arquitetônico I com ele) e um dos grandes exemplares da arquitetura modernista em Fortaleza. Infelizmente o prédio está em ruinas e dará lugar ao polêmico projeto do Acquário Ceará.

 

Os outros desenhos foram feitos a partir da conhecida avenida Beira Mar no bairro do Meireles sendo um mostrando um trecho do Porto do Mucuripe e o outro mostrando uma vista para a Praia de Iracema. O desafio foi não usar borracha e ter que fazer os desenhos bastante estilizados e com grande velocidade uma vez que não queria atrapalhar o passeio de ninguém e também devido ao tamanho da folha de papel da Moleskine (apenas 9x14cm). Alguns acabamentos de traço foram feitos em casa. Fiquei bem satisfeito com o resultado.
 
Beira Mar a partir do anfiteatro